“Jogar para vencer” e “jogar para não perder” foi um conceito que aprendi nos card games, onde você é capaz de identificar em qual posição você se encontra e como deve se comportar na partida. Sendo assim, resolvi traduzir esse conceito para o Dota 2, onde acho que é totalmente aplicável também, só precisa de alguns exemplos práticos para que seja possível entender como isso funciona, então vamos ao que interessa!

Quando está sendo decidida uma tomada de decisão, existem dois possíveis objetivos a serem alcançados - você pode jogar para ganhar ou jogar para não perder a partida. Jogar para ganhar, se resume em fazer a jogada que tem mais chances de fazer você, claro, vencer a partida. Jogar para não perder, significa fazer a jogada que diminuiu as chances de fazer você perder instantaneamente. Esses dois termos parecem ser iguais, mas na realidade, são bem diferentes, eles influenciam totalmente nas suas tomadas de decisões, eu já escrevi sobre como tomar boas tomadas de decisões em outro artigo, recomendo a leitura para ampliar o seu conhecimento e o seu poder visão sobre o jogo. Sabendo que se tratam de coisas diferentes, cabe a você identificar qual posição deve adotar, para assim, aumentar suas chances de vitória. A decisão de jogar para ganhar ou jogar para não perder, começa com a escolha dos picks. Se o seu time é composto por heróis que são poderosos somente no late game, principalmente os cores, você terá de jogar para não perder, pois se a partida durar muito tempo, inevitavelmente o seu time irá ficar mais forte. Agora se o seu time possui heróis que lutam cedo, tem poder de push e boa rotação, você precisa jogar para ganhar, pois se você perder o “time” do jogo, sua composição irá perder o “gás” e consequentemente a partida.

No cenário competitivo esse conceito se torna ainda mais visível, é raro você ver as equipes começando com composições “gananciosas”, acredito que a mentalidade ideal é garantir a primeira partida, onde você consegue uma segurança maior e também obtém informação de como os adversários estão jogando. Na minha opinião, os jogadores profissionais tendem a preferir composições que “não perdem”, influenciando diretamente em suas porcentagens de vitória e com o que é teoricamente superior ou está mais adequado com o meta atual.

Agora vamos tentar entender melhor o exemplo citado acima sobre os tipos de composições.

Equipe early game vs Equipe late game

Baseado nas duas composições acima, vamos tentar elucidar esse conceito e entender quem joga para ganhar e quem joga para não perder, também vamos tentar compreender como cada equipe deve se comportar baseado em cada situação.

Equipe 1

Como podemos ver, a equipe 1 é a composição que é poderosa no early game, com alto potencial de destruir torres e pressionar o adversário na fase de rotas, além de conseguir fazer o Roshan com certa facilidade, principalmente depois de levar as primeiras torres e ganhar espaço e visão no mapa. Sendo assim, essa é equipe que deve jogar para ganhar, eles precisam sempre focar no objetivo, sem margem para erros ou rodeios na estratégia, pois se o game se estender, eles não vão conseguir bater de frente com a equipe adversária.

Tendo em mente que eles precisam jogar para ganhar, vamos elencar os objetivos que essa equipe precisa trabalhar.

Levar as torres e ganhar espaço no mapa

Com habilidades poderosas, como Conjurar Imagem + Metamorfose do Terrorblade, Exorcismo do Death Prophet e as Serpentes Sentinelas do Shadow Shaman, destruir torres é uma tarefa muito fácil para eles, onde sempre que os ultimates estiverem disponíveis, eles precisam se juntar e levar uma torre ou realizar algum outro objetivo. Conforme as torres vão sendo destruídas, naturalmente você ganha espaço no mapa, mas somente isso não basta, é preciso wardar para ter visão sobre a jungle inimiga e assim conseguir punir o farm da equipe adversária.

Fazer o Roshan para conseguir mais objetivos

Com mais espaço de mapa e tendo visão sobre a equipe adversária, fazer o Roshan é o próximo objetivo dessa composição, dessa forma eles conseguem forçar novas team fights para destruir as torres mais próximas da base inimiga, principalmente para subir no High Ground.

Tirar o farm dos cores adversários

Uma vez que eles obtém mais controle de mapa, uma coisa fundamental a se fazer, é punir o farm dos adversários, no exemplo acima, contestar os ancients e possíveis acúmulos realizados para a Medusa, uma vez com a floresta inimiga dominada, farmar as criaturas neutras para que o potencial de farm dos adversários seja reduzido cada vez mais é muito relevante. Para o Invoker, sobra a técnica do Split Push, onde é possível puni-lo com boas rotações e ganks para evitar que ele avance a lane, ou então, enquanto ele fizer Split Push em uma lane, eles devem ir em busca de um objetivo maior, no qual não compense para o Invoker a troca (como uma T1 por uma T2), como no early game ele ainda não possui os itens necessários para lutar, a vantagem continua aumentando para a equipe que joga para vencer.

Equipe 2

A equipe 2 é a que possui a composição mais “lenta”, com dois cores que necessitam de level e farm, no caso o Invoker e Medusa, sendo assim, eles têm muita dificuldade de lutar no early game, o que resulta em perder as torres e consequentemente espaço no mapa. Tendo isso em mente, o comportamento dessa equipe deve seguir o conceito de jogar para não perder, pois tudo o que eles precisam é chegar no late game, onde a estratégia da equipe começa a funcionar de fato e eles começam a recuperar a vantagem da partida devido aos seus picks.

Tendo em mente que eles precisam jogar para não perder, vamos elencar os objetivos que essa equipe precisa trabalhar.

Trocar o máximo de torres possíveis

Uma vez que eles não são capazes de lutar no early game, o melhor a se fazer é trocar as torres na medida do possível, isso é bem melhor do que tentar defender e acabar morrendo além de perder a torre.

Não perder o controle total do mapa e não tomar pickoff

Com a equipe inimiga na vantagem das torres e espaço de mapa, é muito importante não perder o controle total, principalmente da sua própria floresta, isso deve ser feito com um bom trabalho de wards/sentrys por parte dos suportes. Conseguindo manter uma visão mínima da própria floresta, automaticamente as chances de tomar um pickoff são menores, o que pode ser desastroso uma vez que eles já estão atrás na partida, aumentando ainda mais a vantagem da equipe adversária.

Jogar no erro dos adversários e lutar somente na vantagem

Sabendo que a equipe adversária tem vantagem nas team fights, jogar para não perder consiste em jogar no erro dos adversários, de maneira cautelosa e priorizando a longevidade da partida, aproveitando as brechas que os adversários acabam dando no decorrer do game. Além disso, é de suma importância entrar em uma luta somente quando a vantagem numérica estiver a seu favor, para assim, aumentar as chances de vencê-la, sendo uma ótima oportunidade para recuperar o atraso no patrimônio líquido e também conseguir algum objetivo após a team fight.

Defesa no High Ground

Se tem uma coisa que a equipe 2 tem de muito forte, é a defesa no High Ground, com Medusa, Invoker e Disruptor fica muito difícil do time adversário entrar na base. É nesse momento que eles precisam trabalhar o bom posicionamento para conseguir vencer as team fights e continuar prolongando o final da partida ao máximo, tentando evitar perder as torres e principalmente os quartéis, para não ficar ainda mais na desvantagem com as creeps mais fortes e dando menos ouro, porém, com a Medusa na composição, esse ainda é um problema possível de contornar com facilidade.

O late game chegou, adquirindo a vantagem da partida

Se a equipe 2 conseguir chegar até aqui com a sua base relativamente bem conservada, a vitória se torna “inevitável”, pois esse é o momento dos cores brilharem e mostrarem o seu potencial, com os níveis e itens necessários, eles agora conseguem desempenhar uma gameplay superior comparada a dos adversários, que já perderam o “gás” e não conseguem lutar de igual para igual nesse estágio da partida.

O problema é que a vantagem natural não é o suficiente para alcançar a vitória, é preciso ter em mente que a equipe adversária passou o game inteiro na vantagem, subestimá-los pode ser um caminho sem volta para a derrota. Sendo assim, as tomadas de decisões do late game são de suma importância para não deixar a vitória escapar entre suas mãos.

Outra coisa que pode definir o rumo da partida nesta etapa, é ser capaz de identificar se você ainda está jogando para não perder, ou se você já deve jogar para ganhar, pois se lembre que jogar para não perder se resume nas jogadas defensivas e cautelosas, dependendo da situação, manter esse estilo quando estava na hora de adotar o outro, pode te levar a derrota, pelo simples fato de não mudar o seu posicionamento no momento certo e continuar tentando não perder quando você deveria jogar para ganhar.

Vou tentar elucidar melhor o exemplo que acabei de citar, pois saber quando mudar o seu posicionamento faz toda a diferença. Vamos supor que a equipe 2 já seja capaz de lutar e vencer uma team fight, a equipe 1 vai fazer Roshan para tentar uma luta decisiva na base da equipe 2 e tentar finalizar a partida, porém, devido a falta de percepção de que estava na hora de mudar o posicionamento, eles decidem não contestar o Roshan, dando uma poderosa vantagem na team fight para a equipe adversária. Na hora da luta, mesmo com uma desvantagem de “tempo”, a equipe 1 ainda consegue vencer a luta, que em teoria, devia ser vencida pela equipe 2, porém graças a uma vantagem externa (Roshan e seus benefícios), foram capaz de vencer a luta e consequentemente a partida.

Espero que agora tenha ficado mais claro sobre a importância de saber identificar a hora de mudar o seu posicionamento, também sua importância e os riscos que isso pode trazer caso passe despercebido.

Quando as duas equipes possuem composições equilibradas, como identificar se devo jogar para ganhar ou para não perder?

Essa é uma das situações mais difíceis de identificar a maneira que se deve jogar, pois nem sempre os picks definem uma vantagem ou desvantagem como no exemplo que acabamos de ver, sendo assim, os fatores que determinam qual das abordagens você deve adotar, acontecem durante a partida, onde é preciso identificar enquanto joga e ao mesmo tempo traçar uma estratégia rapidamente para começar a se comportar da maneira correta, antes que seja tarde demais.

Já que os fatores que determinam como você deve jogar nesta situação, acontecem durante a partida, estabeleci algumas perguntas que você deve se fazer para conseguir identificar se deve jogar para ganhar ou para não perder.

O late game é inferior ao do adversário?

Sim: Jogue para ganhar.
Não: Jogue para não perder.

Saiu na frente? Conseguiu vantagem no early game?

Sim: Jogue para ganhar.
Não: Jogue para não perder.

A derrota parece ser inevitável?

Sim: Jogue para ganhar.
Não: Jogue para não perder.

Sua equipe possui uma team fight mais poderosa?

Sim: Jogue para não perder.
Não: Jogue para ganhar.

Tenho mais espaço e domínio sobre o mapa?

Sim: Jogue para ganhar.
Não: Jogue para não perder.

O time inimigo aposta no Split Push para vencer?

Sim: Jogue para ganhar.
Não: Jogue para não perder.

Minha equipe está apostando em um único core para vencer a partida?

Sim: Jogue para não perder.
Não: Jogue para ganhar.

Essas são algumas perguntas que podem te ajudar a identificar qual postura você deve adotar, é preciso ter em mente que nada é escrito em pedra, sendo assim, pode ser que em determinadas situações, devido a fatores terceiros, a resposta seja outra, Dota é um jogo muito complexo e tudo pode variar dependendo da situação, cabe a você se adaptar e mudar sua estratégia quando as adversidades baterem em sua porta.

Análise a situação e escolha com sabedoria

Como eu acabei de dizer, Dota é um jogo complexo, as vezes você vai precisar mudar a estratégia. Usando o exemplo que utilizei entre early game vs late game, se você joga utilizando a equipe que fica forte no final da partida, logo você pensa, “então eu sempre farei a escolha que não me deixe perder” - mas isso não é o ideal. Você precisa analisar todo o contexto da partida e decidir se é bom jogar para não perder. Em resumo, sempre que puder, jogue para não perder, mas, se a partida te força a jogar diferente, então você deve jogar para ganhar.

Via de regra, se você está ganhando a partida de maneira confortável, tente pensar nas possibilidades que você tem de perder a partida. Coloque-se no lugar do adversário e se questione - qual é a estratégia alternativa dele? Como é possível que ele ganhe o jogo? O que ele espera que eu faça? - tendo isso em mente, não faça isso, não execute o óbvio!

Agora se você está perdendo o jogo, você vai precisar fazer justamente o contrário - olhar para os meios de ganhar. Imagine que a partida está no late game, você já perdeu a T3 do mid, mas não os quartéis, seu time não possui recompra (buy back) e o Roshan acabou de nascer. Se você jogar o no modo defensivo, não é provável que você perca imediatamente; provavelmente você irá perder o próprio mid e talvez mais uma lane, então a partida não acabou... por enquanto. Porém, você não vai ganhar esse jogo, vai? Sua composição não é capaz de empurrar mega creeps e sua desvantagem de patrimônio líquido fez com que sua equipe fique sem itens e farm o suficiente para lutar, não há nada que você possa fazer. Você precisa, portanto, identificar uma maneira de ganhar o jogo, e assim você vai contestar o Roshan, leva ward e sentry para ter visão e surpreende os adversários com uma smoke. Se eles anteciparem sua jogada, pelo fato de terem visto a smoke ou qualquer coisa do tipo, você perde imediatamente. Mas e daí? Você não está ganhando de qualquer maneira. Você está apostando muito pouco (um jogo que você quase certamente irá perder) por uma enorme recompensa (você ganhar um jogo que você quase certamente iria perder). Dar a você mesmo uma pequena chance é melhor que chance nenhuma, e atrasar uma derrota inevitável não serve para nada. Se você se encontra a beira da derrota, jogue para ganhar.

Conclusão

- Na fase de picks, principalmente em campeonatos, procure montar uma composição que “não perde”.

- Se você joga para “não perder”, tenha certeza que uma hora você irá ganhar. As vezes a derrota é inevitável, mesmo que ela demore para acontecer, sendo assim, atrasa-la é inútil.

- Se você está vencendo a partida, procure por maneiras que possam te levar a derrota e trabalhe para prevenir isso. Quanto mais vantagem você obtém na partida, mais você deve jogar para não perder. Jogue em torno de que tudo que pode dar errado, vai dar errado e procure formas de ganhar nesta situação.

- Se você está perdendo, procure por estratégias para voltar na partida e trabalhe para que elas aconteçam. Jogue em torno de que tudo pode dar certo, vai dar certo e procure formas de ganhar nesta situação.

- Tenha cuidado e analise todas as possibilidades quando estiver jogando para não perder, você pode acabar ficando “cego” em um único ponto e perder para outra coisa.

Espero que tenham gostado de mais este artigo, irei me dedicar para escrever um toda semana e manter um bom fluxo de conteúdo educativo, se você gostou, curta nossa página no Facebook e compartilhe com seus amigos para aumentar o nosso alcance e mais pessoas terem acesso a esse tipo de conteúdo.

Um forte abraço e até a próxima!